ouvidoria

Publicado em 31/05/2019 às 08h18 | |

Mesmo sem bancos, comerciantes esperam grande movimentação nos Festejos

 

Começa nesta sexta-feira (31/05) os Festejos de Santo Antônio, o maior evento religioso do Piauí. Serão 14 dias de atividades religiosas, culturais e esportivas.  Os festejos é religiosidade, diversão e também esperança de renda para comerciantes. Apesar da economia local ter sofrido um impacto com a explosão dos bancos, após as agências do BB e da Caixa, terem sido roubadas, a esperança dos comerciantes é de que as pessoas não deixem de comprar.

Para reduzir os impactos dos prejuízos, o prefeito Professor Ribinha, procurou a superintendência da Caixa e um caminhão móvel foi colocado para atender os clientes da agência.Deirilane Leite Soares - que trabalha na loja "Atualize", comercializando roupas, maquiagem, bijuterias, e outros produtos contou, que a loja está preparada para atender os clientes, e estão recebendo mais novidades. Ela contou ainda, que não reduziram o estoque, pelo contrário abasteceram o estabelecimento para não deixarem os clientes saírem da loja sem levar comprar.Houve uma redução nas vendas, mas neste festejo esperamos os clientes”, disse Deirilane, que recebia a modelo Débora Pereira, que entrou na loja para olhar as novidades em roupas. “Eu já fiz umas compras de roupas na loja e vim comprar mais”, falou, concordando que roupa nunca é demais para usar nas 13 noites dos festejos.

Ouvimos também o Francisco Silva, que é da administração dos Armazéns Paraíba. Ele contou que o Festejo de Santo Antônio é tradição na cidade, e o comércio de um modo em geral, cria uma expectativa muito grande neste período, que é o das festas juninas e a festa em homenagem a Santo Antônio.

“O comércio se prepara para este evento, as expectativas são muito grande, a loja está abastecida de todos os seguimentos de roupas, calçados. A loja está preparada para receber o público, a empresa cria esta expectativa e com certeza o festejo para o comércio será positivo”, falou o administrador Francisco Silva.

No Mercantil dos Tecidos - fomos ouvir o gerente da loja, Tertuliano de Oliveira. “Na verdade o mês de maio não foi bom para as vendas, mas acreditamos que em junho com a chegada do festejo vai melhorar”, disse. A loja possui o seu forte que é eletrodoméstico, mas vende tecidos, muito procurado para a confecção de roupas por quem vai prestigiar o festejo.

Tags

sem tags

Comentários ()

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Geral