ouvidoria

Publicado em 22/11/2020 às 08h23 | |

Alunos impressionam pais na 1ª Feira Cultural de Arte e Conhecimento da Escola Briolanja Oliveira

O objetivo foi socializar a comunidade escolar com saberes, práticas e experiências construídas ao longo do ano

Feira Cultural

 Feira Cultural

Na parte de cultura e religiosidade os alunos mostraram a fé na  tradição religiosa de culto a Santo Antônio, padroeiro dos católicos.

A Escola Briolanja Oliveira promoveu na tarde desta sexta-feira, (22.11) a 1ª Feira Cultural de Arte e Conhecimento - Encantos do Saber com Arte, com salas temáticas e show de talentos. Foram montados stands de alimentos e saúde, Esporte e qualidade de vida, Literatura de Cordel, Projetos: Aventure-se na Leitura, Jogos, Potencial Econômico e Cultural de Campo Maior, Evolução de Cinema, Halloween (origem), música, Teatro e Murais Reciclagem. A Feira teve início às 14h.

Uma das mães de alunos da escola, a dona de casa Fátima Alves que visitou a feira achou interessante. Ela ficou impressionada com o desempenho dos alunos em explicar as ações dos stands. “Eu sou mãe do Benício da 3ª série e do João Caio do 8º ano. Tudo isto o que vimos é de chamar atenção. Estamos nos redescobrindo junto com eles”, falou.

Outro pai, o Júlio César disse que foi uma feira muito boa. Ele assistiu a  apresentação da filha sobre a importância das frutas para a saúde e o bem estar das pessoas. A filha fez uma demonstração. A professora de Ciências Dalila Bandeira falou que a 1ª Feira abrange tanto a parte artística como das ciências e conhecimentos gerais.

“Montamos os estandes com o envolvimento de todos os alunos. Na parte de ciências trabalhamos com reciclagem de material que poderiam ir para o lixo e conseguimos construir peças confeccionadas pelo alunos: como adornos com diferentes materiais”, mostrou.

O prefeito Professor Ribinha e a secretária de Educação Conceição Lima parabenizaram o trabalho da escola.

Na área de reciclagem todo o material foi produzido pelos alunos com o apoio dos professores. A equipe responsável com o reaproveitamento de material orgânico produziu peças de vestuário e promoveu um desfile na quadra da escola. A Feira reuniu a fé, com a demonstração do altar da igreja de Santo Antônio e o trono do Bispo  de Campo Maior Dom Francisco.

A feira só foi possível porque por mais de dois meses, alunos e professores prepararam-se, organizaram-se realizaram. O objetivo foi socializar a comunidade escolar com saberes, práticas e experiências construídas ao longo do ano.  A secretária de Educação Conceição Lima e o prefeito Professor Ribinha parabenizaram a todos pelo trabalho na escola.

Pais de alunos na feira...

Uma personagem demonstrando a origem do halloween...

Professores encantados com a produção dos alunos, sob a orientação deles.

Pais participando da visitação...

A tradição do vaqueiro na cultura da colonização da cidade...

Parte de alimentação...

Produtos reciclados que foram reaproveitados para não serem jogados no lixo.

Um rôbo produzido com papéis e arame que circula impulsionado por uma bateria de celular.

Parte cinematográfica.

Jogos...

A professora Dalila Bandeira...

Léo Pereira - Aluno premiado 

 Texto e fotos: Valdamir Alvarenga

Tags

Comentários ()

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Educação