ouvidoria

Publicado em 07/10/2019 às 07h47 | |

Secretaria de Saúde inicia a campanha contra sarampo em Campo Maior

 

8777532111156

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começou nessa segunda-feira 07/10, em todos os postos de saúde de Campo Maior. Dois grupos de pessoas estão no alvo da campanha.

O primeiro grupo é formado por crianças de 5 meses até menores de 5 anos, e a vacinação ocorre até o dia 25/10 tendo como dia D dia 26 de outubro.  O segundo grupo, com faixa etária de 20 a 29 anos e que não estão com a caderneta de imunização em dia, a vacinação acontece no período de 18 a 30 de novembro, sendo o dia D 30 de novembro.

O supervisor de imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Luciano Alencar, falou da importância da vacinação contra o sarampo. “Vacinar contra o sarampo é importante para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas que podem levar a óbito. Importante também os pais estarem levando as crianças para receberem a dose, vacina é um direito da criança e elas não consegue ir sozinha a uma unidade de saúde para se vacinar”, destacou Luciano. 

DADOS

No levantamento divulgado até o dia 28 de agosto, o Brasil registrou 5.404 casos confirmados de sarampo e seis mortes, sendo quatro delas de pacientes menores de 1 ano. Dos casos confirmados nesse período, 97% (5.228) estão concentrados em 173 municípios de São Paulo, principalmente na região metropolitana. Os outros 176 casos foram registrados em 18 estados: Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão, Paraná, Piauí, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Ceará, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Pará Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Goiás, Bahia, Sergipe e Distrito Federal.
 

O QUE É O SARAMPO

O sarampo é causado por um vírus altamente contagioso, transmitido através do contato com gotículas do nariz, da boca ou da garganta da pessoa infectada, quando ela tosse, espirra e respira.  Os sintomas se manifestam entre 10 e 14 dias após a exposição ao vírus e incluem coriza, tosse, infecção nos olhos, erupção cutânea e febre alta. Três a cinco dias após o início dos sintomas, uma erupção cutânea explode.

Geralmente, começa como manchas vermelhas planas que aparecem no rosto na linha do cabelo e se espalham para o pescoço, tronco, braços, pernas e pés.  A vacinação é a melhor forma de proteção contra o sarampo e, mesmo depois que a doença já tenha começado a se espalhar, a vacina ainda pode reduzir o número de casos e mortes.

Tags

sem tags

Comentários ()

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Saúde