ouvidoria

Publicado em 06/08/2019 às 11h36 | |

Campo Maior lança campanha de combate à violência contra mulheres

 

Para sensibilizar a população a reconhecer e denunciar qualquer tipo de violência contra mulheres, a Prefeitura de Campo Maior, por meio da Secretaria de Assistência Social – SEMAS e da Coordenadoria de Políticas Pública para Mulher lançou na manhã desta segunda (05/08), a Campanha “Agosto Lilás”.

O objetivo é chamar a atenção para importância da denúncia em casos de violência física, psicológica, moral ou outra. Para isso, a campanha pretende mostrar às mulheres e aos homens a necessidade de se manter o respeito aos direitos fundamentais à dignidade da pessoa humana, não aceitando situações como de agressões físicas, verbais, psicológicas ou qualquer outro tipo.

“Precisamos alcançar o maior número possível de pessoas, chegar até às escolas, bairros e toda à população, levar informações para as pessoas e fazer com que elas entendam que podem salvar a vida de muitas mulheres, fazer os homens entenderem que a luta é pelo respeito, e principalmente informar essas mulheres de como se defenderem”, disse a Secretária de Assistência Social, Nilzana Gomes.

A Coordenadora da Mulher, Luzia Pereira explica que a Campanha é realizada em agosto, em virtude do aniversário da Lei Maria da Penha, que no dia 07, completa 13 anos, em sua opinião, é uma das melhores leis de enfrentamento à violência contra mulher.

Para a advogada e presidente da Subcomissão de Apoio à Vítima de Violência, em Campo Maior, Antônia Cerejo, “não só as mulheres precisam entender sobre violência, mas também os homens, enquanto o homem não se conscientizar de que ele está agindo errado, a violência nunca vai acabar”, lamentou Cerejo.

Participaram do evento representante do Conselho Tutelar, Conselho da Pessoa com Deficiência, CRAS- Centro de Referência da Assistência Social, CREAS – Centro de Referência Especializado da Assistência Social, OAB- Ordem dos Advogados do Brasil, Conselho da Mulher, Subcomissão de Apoio à Mulher Vítima de Violência, Polícia Militar, NUCA- Núcleo de Cidadania da Criança e do Adolescente, SAVVIS, ADEFAC, Agentes Comunitários de Saúde e presidentes de Associações Comunitárias.

Tags

sem tags

Comentários ()

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Assistência Social